Lipoescultura: Antes e depois

Corpo feminino depois da lipoescultura

A modelação do corpo e uma silhueta mais definida é o objetivo de muitos pacientes que buscam entender mais a lipoescultura, conhecendo os resultados que podem ser alcançados com essa cirurgia plástica.

A seguir saiba mais sobre a técnica cirúrgica, incluindo o que esperar da lipoescultura, e saiba quaisos resultados que podem ser alcançados com o procedimento.

O que é lipoescultura?

Antes de conferir tudo sobre a lipoescultura é preciso entender o que é esse procedimento cirúrgico de natureza estética. Trata-se da combinação das técnicas de lipoaspiração e lipoenxertia.

A lipoaspiração é usada para remover depósitos de gordura localizada em diferentes regiões do corpo e que possam incomodar a(o) paciente, como glúteos, abdômen, flancos, costas, coxas, papada, joelhos e outras.

Já a lipoenxertia é a técnica na qual a gordura autógena da(o) própria(o) paciente é aplicada em outra região para melhorar o volume e remodelar a área, servindo para preencher, aumentar e modelar estruturas flácidas, depressões ou áreas com pouco tecido adiposo.

A união entre as técnicas é o que garante que a lipoescultura traga resultados mais satisfatórios aos pacientes.

Quando e para quem é indicada?

A lipoescultura é uma técnica recomendada para pacientes que têm acúmulo de gordura localizada em algumas regiões do corpo, mas também que se mostram insatisfeitas com a falta de volume em outras áreas.

Dessa forma, são pacientes que sentem uma desproporção na estrutura corporal, desejando o remodelamento desse volume. A cirurgia plástica é indicada quando a paciente identifica que essas insatisfações não poderão ser corrigidas com outros cuidados, como com dietas ou exercícios físicos.

Destaca-se ainda que as(os) candidatas(os) ideais à cirurgia são aqueles que estão dentro do peso adequado, pois o procedimento não é indicado para perda de peso.

Como é feito o procedimento?

A lipoescultura é iniciada com a realização da lipoaspiração que pode ser feita com anestesia geral, peridural ou local, dependendo das regiões que serão tratadas.

Utiliza-se uma solução, chamada de Klein, composta de soro fisiológico e adrenalina, para reduzir o sangramento e o trauma cirúrgico. As cânulas são inseridas por pequenas incisões até o tecido adiposo e são feitos leves movimentos para “soltar” as células de gordura.

A gordura localizada é aspirada a vácuo e é tratada no próprio centro cirúrgico, com a remoção das células de gordura rompidas, do sangue e do anestésico. Em seguida, a gordura purificada é aplicada nas regiões desejadas usando uma seringa.

O procedimento tem uma duração aproximada de 1 a 3 horas, dependendo do volume de gordura aspirada. O tempo de internação varia de acordo com a anestesia usada e da evolução da paciente no pós-operatório.

Lipoescultura antes e depois: o que esperar?

Conhecer a lipoescultura é fundamental para entender quais objetivos podem ser alcançados com essa técnica cirúrgica. O alinhamento das expectativas é essencial para não se submeter desnecessariamente a um procedimento cirúrgico.

Um dos principais aspectos da lipoescultura são as regiões nas quais a gordura pode ser aplicada, como:

  • Glúteos: uma das técnicas mais buscadas é a remoção do excesso de gordura no abdome e aplicação nos glúteos, resultando em um contorno corporal mais proporcional, com o bumbum arredondado e maior;
  • Mãos: as mãos perdem gordura com a idade, apresentando um aspecto esquelético que incomoda muitas pacientes que corrigem essa condição com a lipoescultura;
  • Face: a face também perde gordura com o envelhecimento, causando uma aparência cadavérica que pode ser revertida com o uso de gordura autógena, especialmente nas bochechas, mento e lábios, o que melhora o contorno facial;
  • Mamas: mulheres com mamas pequenas, mas que não desejam colocar prótese podem ser beneficiadas, pois, a lipoescultura oferece um aumento de volume natural.
  • O resultado da lipoescultura pode ser mais satisfatório quando o local do qual a gordura localizada foi retirada tinha elasticidade.

    Conhecer previamente e avaliar a lipoescultura é fundamental para obter melhores resultados com a técnica e ter um corpo remodelado de acordo com as suas expectativas. Consulte um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), como o Dr. Alexandre Senra e saiba mais sobre a lipoescultura.

    Fontes:

    Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);

    Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Alexandre Senra.