Fale conosco pelo WhatsApp

Ninfoplastia (Labioplastia)

Entenda tudo sobre essa cirurgia responsável por diminuir a protuberância dos pequenos lábios vaginais

A ninfoplastia, também conhecida como labioplastia, é uma cirurgia plástica feita na região íntima feminina, permitindo reduzir o tamanho dos pequenos lábios vaginais. O procedimento é muito procurado por pacientes que possuem hipertrofia (aumento do volume) nesta área da vagina.

Considerada uma cirurgia relativamente rápida, com cerca de uma hora de duração, a ninfoplastia costuma deixar a mulher hospitalizada por cerca de um dia ou por até uma noite, recebendo alta no dia seguinte. Sua recuperação pode provocar um certo desconforto e, por isso, é de fundamental importância seguir todas as orientações do médico, evitando esforços físicos, além de não voltar ao trabalho nos primeiros 10 a 15 dias.

São diversos os fatores que podem desencadear os lábios vaginais mais acentuados do que o normal, sendo eles:

  • Flacidez provocada pela gestação;
  • Problemas hormonais durante a adolescência ou a menopausa;
  • Utilização inapropriada de esteroides ou anabolizantes, que desregulam a função hormonal;
  • Tecido cicatricial que tenha sido provocado por uma intervenção cirúrgica.

Como é feita a cirurgia da ninfoplastia?

A cirurgia da ninfoplastia pode ser feita em ambiente cirúrgico, com uso de anestesia local — com ou sem sedação — e, como já mencionado, dura cerca de 40 minutos. Durante a intervenção cirúrgica, o médico corta os pequenos lábios vaginais e costura suas bordas, de uma maneira em que a cicatriz não seja visível.

O especialista faz a sutura com fios absorvíveis, que acabam sendo absorvidos pelo organismo. Ou seja, não é preciso retornar ao hospital para retirar esses pontos. No entanto, em alguns casos, o médico também pode preferir o uso de pontos comuns, o que faz com que a paciente necessite regressar para sua retirada após oito dias da operação.

Em geral, a mulher recebe alta hospitalar no dia ou um dia após a ninfoplastia, podendo voltar às suas atividades laborais e cotidianas cerca de poucos dias após o procedimento médico. Contudo, é preciso adotar cautela na hora de retomar suas relações sexuais e a realizar exercícios físicos.

A primeira semana depois da cirurgia é um momento um pouco mais crítico, quando a paciente deve evitar sentar-se, e deve permanecer mais tempo deitada, com as pernas levemente mais elevadas do que o restante do tronco, como forma de facilitar o retorno venoso, diminuindo a dor e o inchaço da região da vagina.


Benefícios da ninfoplastia

Em primeiro lugar, a ninfoplastia fortalece a autoestima das mulheres que têm vergonha do próprio corpo ao verem os lábios íntimos maiores do que o habitual.

Além disso, a cirurgia previne infecções, uma vez que os pequenos lábios com volumes extensos podem provocar uma série de secreções de urina. Estas, por sua vez, causam infecções, uma vez que existe uma maior fricção e formação de feridas.

Outro benefício promovido pela ninfoplastia é a melhora considerável do desempenho sexual, uma vez que os lábios, quando muito grandes, podem provocar dor e desconforto durante o contato íntimo, além de constrangimento da mulher diante de seu parceiro.

Pacientes, depois da operação, também relatam sentir mais segurança e conforto ao utilizar qualquer tipo de roupas, mesmo que sejam justas, já que os lábios vaginais não estarão mais tão volumosos a ponto de provocar desconfortos na calcinha de renda ou na calça jeans, por exemplo.


Como é a recuperação pós-cirúrgica

Depois da cirurgia de ninfoplastia, a região da vulva costuma ficar ligeiramente inchada, vermelha e com marcas arroxeadas. No entanto, essas alterações são comuns. Conforme já mencionado, a paciente precisa repousar por cerca de três a cinco dias, mantendo-se recostada na cama ou no sofá, com apoio de almofadas, além de precisar utilizar roupas mais leves e folgadas.

A drenagem linfática também é indicada por várias vezes ao longo do dia, como estratégia para diminuir o inchaço e a dor, além de facilitar a cicatrização e acelerar uma recuperação mais completa.

Apesar de a recuperação não ser igual para todas as pacientes, a cicatrização costuma se tornar completa cerca de seis meses depois da cirurgia. Aqui também é o momento em que o resultado já pode ser observado, mas algumas pequenas mudanças já conseguem ser percebidas no dia a dia antes disso. A relação sexual só pode acontecer entre 30 e 45 dias depois da ninfoplastia.

Quando a paciente percebe a formação de bridas, que impedem a penetração, é recomendada a realização de outra pequena cirurgia, para realizar a devida correção na região afetada.


Como é feita a higienização local?

Durante o processo de recuperação, a região da vagina precisa se manter limpa e seca. São indicadas compressas de gelo no local, principalmente no início, como forma de combater o inchaço e diminuir a inflamação. As compressas devem ser feitas durante 15 minutos, três vezes ao dia.

Após urinar e defecar, a paciente também deve sempre lavar a região com água fria ou soro fisiológico, além de aplicar uma solução antisséptica com uma gaze limpa. O médico também pode orientar a aplicação de uma camada de pomada cicatrizante ou com ação bactericida na vulva, como forma de evitar a coceira característica do momento de cicatrizar, combatendo o surgimento de infecções.

Tais cuidados precisam ser adotados depois de cada ida ao banheiro durante, ao menos, 12 a 15 dias. Também é recomendado o uso de um absorvente íntimo macio, para que seja absorvido todo sangue, de maneira a não pressionar a região.

Recomenda-se também o uso de calcinhas de algodão, largas o suficiente para que a paciente se sinta confortável, principalmente nos primeiros dias. Roupas justas, como calça legging, jeans ou meia calça devem ser evitadas ao menos durante 20 dias.

Outra restrição que costuma ser recomendada por médicos é a de que as mulheres evitem dirigir nos primeiros dias depois da ninfoplastia, uma vez que a posição do motorista pode provocar dores ou sangramentos. O consumo de tabaco ou bebidas alcoólicas também é vetado por até 10 dias após o procedimento cirúrgico.

Para diminuir a dor e o inchaço local, é recomendado também que a mulher consuma medicamentos analgésicos prescritos pelo médico. É válido salientar que a ninfoplastia não é indicada para pacientes com menos de 18 anos. As mulheres também devem optar pela realização da cirurgia em datas posteriores às da sua menstruação.

O Dr. Alexandre Senra é um médico com experiência e domínio das técnicas mais avançadas para a realização de cirurgias delicadas, como a da ninfoplastia. Caso esteja incomodada com o volume dos pequenos lábios, nos envie uma mensagem e marque agora mesmo a sua consulta.

 

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sociedade Brasileira de Dermatologia

 

Autor: Dr. Alexandre Senra (CRM/SP 95678)

O cirurgião plástico Dr. Alexandre Senra se formou em Medicina no ano de 1991 na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, em Belo Horizonte, tendo feito sua especialização obrigatória para ser cirurgião plástico. Possui Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), referendado pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Conselho Federal de Medicina (CFM).

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a sexta-feira
das 08h00 às 20h00

ATENDIMENTO EM HOSPITAIS

Confira os hospitais onde
são realizados os atendimentos

Como posso ajudar a
melhorar a sua autoestima?