Como funciona a cirurgia de lipoaspiração a laser?

Cirurgião plástico realiza cirurgia de lipoaspiração a laser

A cirurgia de lipoaspiração a laser é uma das principais novidades no mercado de tratamentos estéticos cirúrgicos. Incorporando uma tecnologia europeia, a laserlipólise — como o procedimento também é chamado — oferece mais facilidade no tratamento das gorduras localizadas.

A cirurgia de lipoaspiração a laser é aprovada por diversas instituições rigorosas e respeitadas tanto no Brasil quanto no exterior. São exemplos a Food and Drug Administration (FDA) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Considerando o crescente interesse dos pacientes nesta técnica, o Dr. Alexandre Senra — cirurgião plástico que realiza o procedimento desde 2001 — esclarece como ocorre a cirurgia de lipoaspiração a laser, bem como quais são os cuidados necessários no pré e pós-operatório. Confira!

Como é feita a lipoaspiração a laser?

A cirurgia de laserlipólise é realizada em duas etapas. Na primeira, a energia do laser é transmitida por uma microcânula de 1 milímetro de diâmetro, que se movimenta suavemente pelo tecido adiposo e faz o rompimento das células gordurosas.

Na segunda etapa, o conteúdo oleoso liberado pelas membranas rompidas deve ser retirado do organismo. Em alguns casos, o organismo do paciente faz essa eliminação naturalmente, sobretudo quando a quantidade de gordura retirada é pequena, mas na grande maioria dos casos, é aspirada por finas cânulas.

Nestes casos, o cirurgião plástico faz uma pequena incisão na região tratada para introduzir estas finas cânulas para aspirar o conteúdo oleoso. A anestesia utilizada na cirurgia de lipoaspiração a laser pode ser a peridural, geral ou local tumescente, sendo esta última uma das mais utilizadas pelos especialistas.

A duração da laserlipólise pode variar conforme a extensão da área tratada. Em média, a cirurgia tem duração de 1 até 4 horas.

Quando a cirurgia de laserlipólise é indicada?

A cirurgia de lipo a laser é recomendada para os pacientes que se enquadram em uma ou mais das seguintes condições:

  • Presença de gorduras localizadas no abdome, cintura, lateral das mamas, costas, coxas, face interna da coxa, papada (mento) entre outros locais, em grau leve ou moderado;
  • Pacientes que não estão grávidas.

Vale a pena salientar que a cirurgia de lipoaspiração a laser é recomendada para os pacientes que desejam modelar o corpo. Portanto, é errôneo presumir que o procedimento é unicamente para emagrecer o paciente.

Alguns dos pacientes que não são bons candidatos para a cirurgia de laserlipólise são aqueles com hipertensão e diabetes descontrolados. Para esclarecer a efetividade do tratamento para cada caso, considerando a condição clínica do paciente, é fundamental se consultar com um cirurgião plástico confiável e de qualidade e que tenha experiência nesta técnica.

Cirurgia de lipoaspiração a laser: cuidados antes e depois

No pré-operatório da cirurgia de laserlipólise o paciente é submetido a uma série de exames — como o hemograma, glicose, ureia, creatinina, por exemplo — para que o cirurgião plástico avalie o estado geral de saúde do indivíduo. O procedimento não requer uma internação prolongada e o paciente recebe alta no mesmo dia da operação, na grande maioria dos casos.

O processo de recuperação da cirurgia de lipo a laser costuma ser rápido, sendo essa a principal vantagem do procedimento em comparação com a metodologia tradicional. Os cuidados durante o pós-operatório da laserlipólise incluem as seguintes medidas:

  • Permanecer em repouso relativo durante os primeiros dias;
  • Retomar as atividades cotidianas após aproximadamente 2 a 3 dias da cirurgia;
  • Utilizar uma cinta modeladora por cerca de 45 dias;
  • Evitar qualquer tipo de trauma na região operada;
  • Tomar somente os medicamentos prescritos pelo cirurgião plástico;
  • Não consumir bebidas alcoólicas em excesso;
  • Evitar a exposição exagerada ao sol, sobretudo quando aparecerem manchas arroxeadas (equimoses) ou inchaços (edemas);
  • Ingerir no mínimo dois litros de água por dia.

Depois da cirurgia de lipoaspiração a laser o paciente pode sentir algumas dores na região tratada. O surgimento de equimoses e edemas é reduzido quando comparado com a lipoaspiração tradicional, porém, pode acontecer. No geral, esses incômodos desaparecem em cerca de uma a duas semanas.

Os resultados da cirurgia de laserlipólise aparecem gradativamente, podendo levar aproximadamente 6 meses para alcançar o resultado definitivo. É importante que o paciente compareça às consultas de retorno para que o cirurgião plástico verifique o andamento da cicatrização e possa agir com efetividade no surgimento de alguma complicação.

Para aproveitar os efeitos da cirurgia de lipoaspiração a laser por mais tempo o paciente deve se atentar à alimentação e realizar atividades físicas regularmente. Tais medidas colaboram para efetividade do procedimento cirúrgico, assim como na manutenção dele. Caso tenha se interessado pelo procedimento, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Alexandre Senra.

Fontes:

Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Alexandre Senra;

American Society of Plastic Surgeons;

The American Society for Aesthetic Plastic Surgery.