Fale conosco pelo WhatsApp

O que saber antes de fazer uma otoplastia?

Mulher olhando sua orelha no espelho.
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Cirurgia de otoplastia garante resultados estéticos satisfatórios para diferentes demandas, como a orelha de abano e outras alterações na aparência da orelha que causem insatisfação.

Antes de fazer uma otoplastia, é preciso entender do que se trata esse procedimento. Ele consiste na cirurgia plástica para correção de insatisfações estéticas na orelha, seja devido à forma, tamanho ou angulação, sendo o tratamento mais indicado à popularmente chamada “orelha de abano”.

Existem diferentes condições que podem ser corrigidas com a otoplastia, desde orelhas proeminentes, até alterações causadas por fatores genéticos, traumas ou ausência congênita das orelhas.

A alteração também pode ser uni ou bilateral ou acometer de formas distintas cada orelha. A seguir entende o que se deve saber antes de fazer uma otoplastia.

Quais são as indicações da otoplastia?

Antes de fazer uma otoplastia, vamos entender melhor sobre suas indicações. Ela é uma das poucas cirurgias plásticas indicadas a partir da infância, pois pode ser realizada a partir dos 5 anos, quando a estrutura da orelha já apresenta desenvolvimento completo.

A indicação na infância costuma ocorrer devido aos fatores psicossociais relacionados às deformações na orelha ou orelha de abano, como bullying, ansiedade e fobia social.

Além disso, a otoplastia também é recomendada para pessoas com alterações genéticas que afetam a estética da orelha, como microtia, macrotia, assimetrias ou orelha constricta.

As alterações na estética da orelha que motivam uma cirurgia plástica também podem ser causadas ao longo da vida, como pelo uso de brincos e alargadores, no caso de lutadores ou por acidentes.

Apesar da recomendação cirúrgica, normalmente, as deformidades na orelha não comprometem a audição do paciente, sendo uma demanda estética.

Quais são os cuidados pré-operatórios?

O pré-operatório é um dos momentos que se deve saber antes de fazer uma otoplastia. Este período envolve a escolha de um cirurgião plástico de confiança para realização do tratamento. Na consulta de avaliação serão ponderados fatores como histórico médico, histórico familiar, motivações e expectativas.

No caso das crianças, é fundamental que haja uma conversa dos pais para entender as insatisfações do filho e buscar orientação especializada não apenas para questão estética, mas também para demandas psicológicas.

Antes de fazer uma otoplastia, são solicitados diferentes exames médicos para verificar o quadro geral de saúde do paciente, incluindo:

  • hemograma completo;
  • coagulograma;
  • glicemia em jejum;
  • ureia e creatinina
  • exame de urina;

Após constatar que o paciente está apto para intervenção, o cirurgião plástico faz o planejamento cirúrgico e as recomendações pré-cirúrgicas mais específicas dos dias que antecedem o procedimento, como interrupção de medicamentos, jejum e outras.

Como é realizada a cirurgia plástica das orelhas?

Antes de fazer uma otoplastia, muitos se questionam sobre a complexidade e duração do procedimento cirúrgico. Trata-se de uma cirurgia simples, com duração entre 45 e 90 minutos. Geralmente é usada anestesia local com sedação, mas em crianças opta-se, normalmente, pela anestesia geral.

A técnica cirúrgica empregada depende diretamente do problema a ser corrigido, podendo ser feita a remoção de cartilagem e pele em alguns casos, mas o enxerto de tecidos autógenos em outros.

No caso específico da orelha de abano, que é a motivação mais comum para realização da otoplastia, é realizada uma incisão na linha posterior da orelha, realiza-se a sutura da cartilagem e pontos para alterar a angulação da orelha, deixando-a mais rente à cabeça.

Normalmente, a cicatriz da otoplastia fica imperceptível na parte posterior da orelha, mas nos casos nos quais outras incisões são necessárias é comum que as cicatrizes fiquem disfarçadas nas dobras naturais da orelha.

Quais são os cuidados pós-operatórios?

Antes de fazer uma otoplastia, também é preciso estar atento aos cuidados pós-operatórios. Este período não é complexo, mas demanda algumas ações para reduzir as chances de complicações e melhorar a estética final das orelhas. São elas:

  • repouso de 2 a 7 dias;
  • uso de faixa na região operada;
  • evitar sol, friagem e vento por 60 dias;
  • repousar e dormir com a cabeça mais elevada que o tronco;
  • higienizar a incisão com água e sabão neutro e secar bem;
  • retomar atividades físicas após período de 60 a 90 dias.

Antes de fazer uma otoplastia, é preciso saber que ela apresenta riscos pós-cirúrgicos mínimos que incluem sangramento, dor, hematomas, edemas, seroma ou infecção. Apesar de incomum, a estética final pode ser comprometida por problemas na cicatrização, como formação de queloide.

Os resultados da otoplastia são, em geral, previsíveis, ficando mais visíveis cerca de 15 dias após o procedimento. Eles incluem uma orelha esteticamente mais simétrica e harmoniosa com a face.

Entre em contato conosco e agende uma consulta com o Dr. Alexandre Senra.

 

Referências:

Dr. Alexandre Senra

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

 

Autor: Dr. Alexandre Senra (CRM/SP 95678)

O cirurgião plástico Dr. Alexandre Senra se formou em Medicina no ano de 1991 na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, em Belo Horizonte, tendo feito sua especialização obrigatória para ser cirurgião plástico. Possui Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), referendado pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Conselho Federal de Medicina (CFM).

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a sexta-feira
das 08h00 às 20h00

ATENDIMENTO EM HOSPITAIS

Confira os hospitais onde
são realizados os atendimentos

Como posso ajudar a
melhorar a sua autoestima?