Fale conosco pelo WhatsApp Fale conosco pelo WhatsAppEnvie uma mensagem

Cirurgia de abdominoplastia: como é feita?

Marcação de local pra realização de abdominoplastia
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Procedimento visa remodelar o contorno corporal, dando mais harmonia e beleza ao corpo. Saiba quando é indicado e os cuidados necessários

A cirurgia de abdominoplastia é um procedimento estético realizado com o objetivo de retirar o excesso de gordura e de pele do abdome, o que ajuda a diminuir a flacidez e a remover eventuais estrias da barriga.

Ela é indicada para pessoas que perderam muito peso, como nos casos de cirurgia bariátrica, ou após a gravidez, duas situações que podem deixar a região abdominal muito flácida. O objetivo é garantir um aspecto mais bonito ao abdome e uma silhueta mais harmônica.

Existem três tipos de cirurgia de abdominoplastia. Cada um tem função e propósito diferentes, dependendo do perfil e desejos de cada paciente.

Miniabdominoplastia: é indicada para pacientes que precisam remover apenas um pouco de excesso de pele. Ela requer uma incisão menor e não é necessário mexer na posição do umbigo.

  • Abdominoplastia clássica: este tipo de cirurgia de abdominoplastia é realizado quando é preciso remover bem mais tecido e, principalmente, gordura. Na clássica, há o reposicionamento do umbigo.
  • Abdominoplastia em âncora: é indicada para quem perdeu peso rapidamente, resultando em um grande excesso de pele. Neste caso, a cicatriz da abdominoplastia se assemelha a uma âncora.

Como é feita a cirurgia de abdominoplastia

A cirurgia de abdominoplastia consiste na remoção de gorduras e peles em excesso, reaproximando a musculatura e remodelando o contorno corporal. Durante o procedimento, o cirurgião faz uma incisão em formato de linha acima da região púbica, que se estende até as laterais do quadril.

O tamanho dessa linha vai depender do volume a ser corrigido. Em seguida, ele remove as sobras, corrige a flacidez muscular e reposiciona a pele. A cicatriz umbilical é reimplantada ao final do procedimento.

A cicatriz da cirurgia de abdominoplastia fica semelhante à do parto cesárea, ou seja, na linha da roupa íntima. A cicatrização completa ocorre cerca de um ano após o procedimento. Pode acontecer, em alguns casos, como quando a pele apresenta pouca elasticidade, do cirurgião usar o modo de incisão chamado de T Invertido, no qual é feito um pequeno traço vertical que complementa a incisão inferior.

O procedimento é realizado com anestesia peridural ou raquidiana com sedação, ou com anestesia geral, e demora cerca de duas a quatro horas. 

Cuidados pré-operatórios da cirurgia de abdominoplastia

Antes de realizar o procedimento, pode ser necessário:

  • Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
  • Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
  • Parar de fumar cerca de 30 dias antes da cirurgia;
  • Evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento;
  • Fazer jejum de oito horas, inclusive de água;
  • Fazer uma refeição leve na véspera da cirurgia de abdominoplastia.

Cuidados no pós-operatório da cirurgia de abdominoplastia

Em geral, é recomendado que o paciente fique internado de um a dois dias após a realização da cirurgia de abdominoplastia. Nesse período, é normal sentir dor e sensibilidade na região operada. O abdômen também pode apresentar inchaço e hematomas nos primeiros dias, mas a tendência é que esses desconfortos desapareçam gradualmente ao longo da primeira semana.

É recomendado ao paciente:

  • Fazer repouso por duas semanas;
  • Dormir deitado de costas, como o tronco elevado e as pernas flexionadas com os joelhos apoiados sobre três travesseiros nos primeiros sete a dez dias;
  • Evitar fazer esforço físico ou levantar peso nos primeiros 30 dias;
  • Retirar os curativos no segundo dia, quando então pode-se tomar um banho completo;
  • Andar com o corpo ligeiramente curvado nos primeiros cinco dias após a cirurgia, evitando subir escadas muito longas;
  • Usar cinta modeladora durante as 24 horas do dia, nos primeiros 30 dias, retirando-a apenas para tomar banho e cuidar dos curativos; a cinta deve ser usada, inclusive, para dormir. Nos 30 dias subsequentes, ela pode ser usada apenas à noite;
  • Ter uma alimentação rica em fibras, com frutas, legumes e verduras;
  • Fazer uso das medicações prescritas pelo médico para minimizar dores e reduzir os riscos de infecção;
  • Iniciar a drenagem linfática manual sete dias após a cirurgia de abdominoplastia.

O comprometimento do paciente e seu cuidado em seguir às recomendações médicas é essencial para alcançar resultados satisfatórios e uma recuperação plena.

Os resultados definitivos da cirurgia de abdominoplastia poderão ser observados cerca de seis a 18 meses após o procedimento. Vale lembrar que, por mais que os resultados alcançados sejam tecnicamente permanentes, é necessário que o paciente adote uma rotina de vida mais saudável, com prática de atividades físicas e alimentação equilibrada.

Como todo procedimento cirúrgico, a cirurgia de abdominoplastia também apresenta riscos, por isso, o primeiro passo para quem quer se submeter ao procedimento é consultar um cirurgião especializado. Agende agora mesmo uma consulta com o Dr. Alexandre Senra e tire todas as suas dúvidas sobre o procedimento.

Fontes:

Ministério da Saúde

Autor: Dr. Alexandre Senra (CRM/SP 95678)

O cirurgião plástico Dr. Alexandre Senra se formou em Medicina no ano de 1991 na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, em Belo Horizonte, tendo feito sua especialização obrigatória para ser cirurgião plástico. Possui Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), referendado pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Conselho Federal de Medicina (CFM).

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a sexta-feira
das 08h00 às 20h00

ATENDIMENTO EM HOSPITAIS

Confira os hospitais onde
são realizados os atendimentos

Como posso ajudar a
melhorar a sua autoestima?